30 agosto 2002
posted by Paulo Vivan at 4:00 PM

ALUGA-SE ESTE ESPAÇO

Estou com uma campanha imperdível. Você que sempre quis ter o link do seu blog aqui no ChickenDog deve fazer o seguinte:
Use o espaço para comentar que você encontra logo abaixo e deixe seus dados. Afinal de contas, se você conseguiu chegar neste site, merece ter o seu destaque!
E depois vou ganhar uma grana com o cadastro de vocês, vou morar na Guiana e vou escrever um livro em Esperanto.

PS.: Você que tem o link do ChickenDog no seu blog, lembre-se: ChickenDog se escreve junto, sem espaço.
 
posted by Paulo Vivan at 3:45 PM

Estou voltando pra casa quando uma van para do meu lado. A porta lateral se abre e descem dois sujeitos de capuz. Cada um segura um braço meu, enquanto as pessoas que estavam na rua saem correndo. Um terceiro desce e me dá uma cacetada na cabeça.
- Ai! Que isso?
- Machucou? Desculpa, não foi minha intenção... Era só pra efeito artístico.
- Mas que merd...
Me amordaçam com um pedaço de silver tape. E também colocam um capuz em mim..
Sou levado pra um casebre na zona norte de São Paulo. Como eu sei? Me levaram de metrô, ônibus e andamos uns três quarteirões.
Quando tiram meu capuz e a mordaça, eu pergunto:
- Por que não viemos de van?
- Cale a boca!!!
E me dão um tapa na cara, mas com a mão mole... quase não senti.
- Sabe... Não doeu esse tapa.
E me molham com um balde de água. Depois disso, os três saem da sala. Voltam dez minutos depois com uma caixa de papelão e uma lousa. Montam a lousa, abrem a caixa, tiram uns folhetos.
- Senhor Paulo. Primeiro de tudo, obrigado pela sua presença. Você está recebendo um folheto com os nossos mais novos produtos.
E um deles me dá o panfleto com várias fotos de pessoas felizes, num campo verde, usando roupas parecidas. Todos bonitos e alegres.
- Mas que porra é essa?
- Esta é a nova campanha de Marketing Agressivo das Lojas Renner. Confira nossas promoções.
- Conferir promoções?? Vá pro inferno!
Vou levantando e caminho em direção a porta. Um deles, o maior, pára ameaçadoramente na minha frente e diz:
- Se eu fosse você, eu conferiria os preços.
- Ok, ok, eu confiro os preços - E olho pro folheto.
- Obrigado. Agora pegue este formulário do cartão cliente especial Renner e leia com atenção. Preste atenção nas vantagens oferecidas por nós.
Enquanto isso, o terceiro marketeiro liga a TV no Cidade Alerta, onde aparece na legenda: "CAMPANHA DE MARKETING AGRESSIVO ATERRORIZA A CAPITAL".
 
29 agosto 2002
posted by Paulo Vivan at 2:22 PM

OSAMA HOME VIDEO

Roteiro - Novo vídeo de Osama bin Laden
Al Qaeda Filmed Entertaiment, 2002.
Todos os direitos reservados.


Cena 23 - Dia - Interna - Caverna de bin Laden [Take 2]
Osama está sentado num tapete no chão, com uma AK-47 no colo. Ao fundo um mapa mundi e caixas de madeira. Em cima das caixas, vários tipos de munição

Osama

- Não estou morto. Para todos vocês, demônios do capitalismo, não há como se esconder. Ataques serão iminentes... Suas casas pegarão fogo, e...
............
- Corta! Ramón, arruma aquela caixa... E tira essa cachorro da caverna. Se ele latir vai estragar tudo. E Osama, vem cá. Preciso falar com você.
- Sim, Jaime. Qual é o problema?
- O problema? Cadê a emoção? Já falei pra você, seja ríspido!
- Mas vou matar todos eles. Tenho certeza disso.
- Sim, mas você precisa passar isso pra tela. Sabia que os seus últimos vídeos nem passaram na CNN? Só passou aquele do cachorrinho que engasgou com a bolacha, mas dissemos que morreu no gás.
- Nem me lembre dele que eu choro... Coitado do Pupi...
- Osama!!! Recomponha-se!
E o diretor Jaime dá um tapa na cara de bin Laden.
- Vamos gravar de novo. Quero que você se concentre no Pupi... Pense no biscoito que o matou... Transforme esse sentimento em raiva...
- Sim! Eu odeio o biscoito!!
- É isso! Ramón, ação!
 
28 agosto 2002
posted by Paulo Vivan at 11:50 AM

- Você acessou o serviço de atendimento telefônico automático do seu banco. Preste atenção e siga corretamente as instruções.
Preciso prestar atenção, preciso prestar atenção, preciso prestar atenção... Preciso cortar a unha... Cara, como ela tá grande... Daria até pra...
- ...aperte 1.
Droga! O melhor está sempre na tecla 1. Cacete... Agora vou ter que esperar a merda toda reiniciar e...
- ...aperte 2.
Puta que pariu! De novo! Vou prestar atenção nesse agora. Mas tenho certeza que não vai ter nada a ver com o que eu...
- ...aperte 3.
Ah, merda! Desta vez não passa.
- Paulo, você sabe onde sua irmã foi?
- Não, mãe. Ela saiu antes de eu chegar e mesmo que a...
- ...aperte 4.
- Filha da puta!!!
- Olha a boca!! Eu não te dei essa educação. O que você está pensando?
- Pô, mãe! Tô no telefone tentando conseguir um...
- ...aperte 5.
- Caralho!!!
- Filho!!! Você é gay? Que decepção... Do seu irmão eu até suspeitava, mas de você, não...
- ...uma de nossas funcionárias irá atendê-lo agora.
- Mãe, escuta aqui...
- Banco 24 horas, boa tarde.
- ...eu não sou gay!!!
- Desculpe, o senhor ligou pro lugar errado. Tenha uma boa tarde.
 
26 agosto 2002
posted by Paulo Vivan at 2:43 PM

A TUMBA DO CHICKENDOG

Agora sim. A reedição! Os arquivos do blog.
Todos os textos escritos por mim estão disponíveis para quem quiser ler.
Então vocês, meus caros visitantes, aproveitem!
Os 10 primeiros que entrarem nos arquivos do ChickenDog irão ter seus monitores autografados por mim.
 
posted by Paulo Vivan at 1:03 PM

ALMOÇO DE NEGÓCIOS

Executivos fazem almoço de negócios. Gostam de almoço de negócios. Coisas que eu, uma pessoa relativamente normal, não entendo. Não se resolve nada, se fala de boca cheia e não dá pra comer direito. Mas eles insitem e adoram. Talvez seja algo fora do nosso alcance...

Três executivos entram num restaurante, fazem seus pedidos e esperam a comida.
O garçom chega com três pratos diferentes.
- Aqui está senhor. - diz o garçom.
- O que é isso?
- Seu prato senhor. Parafusos ao molho de óleo automotivo.
- Ah, que delícia!
- E o seu prato senhor; cacos de uma pia quebrada.
- Nossa, estava louco de fome.
- E, finalmente, o seu prato senhor. Um pager velho com bateria de celular usada.
- Nossa. Adoro almoço de negócios.
 
posted by Paulo Vivan at 12:45 PM

PESSOAS - PERSONAGENS

Eu odeio pessoas que assumem personalidades diferentes pra cada situação. Pessoas que não conseguem ser elas mesmas em diferentes situações. Motivos existem vários. A presença de uma determinada pessoa, a pessoa querendo fazer presença ou chamar atenção, ou simplesmente quer ser um personagem.
Pessoas-personagens, façam-me um favor:
MORRAM. EXPLODAM. SUFOQUEM.
 
22 agosto 2002
posted by Paulo Vivan at 12:23 PM

MOMENTO GOOGLE COMBO

Uma pesquisa, um link, um comentário.

Dia sinistro
Porque hoje o dia está realmente sinistro.

Porra de vida, caralho, desgraçada, filho da puta
Você está pior que eu, hein?

Comando para matar
Arnold Schwarzenneger está de mau humor... de muito mau humor! E alguém vai ter que pagar.

Neon embaixo do carro
Quem gosta de neon embaixo do carro, provavelmente usa pochete, colete e blusa de gola rolê.

Léxico de termos sedimentológicos
O vernáculo que lhe faculta não condiz com meu modo prosaico de pensar.

Eu queria morar em Beverly Hills
Eu queria ser amigo Kelly, Brandon, Brenda e Donna...
 
21 agosto 2002
posted by Paulo Vivan at 1:00 PM

VIZINHANÇA SIMPÁTICA

Jorginho, garoto simpático, ganhou dos pais um kit de química. Seus pais não são muito espertos. Veja por que:
Garoto + acesso à internet + kit de química = NAPALM
E foi quando os gatos e cachorros da vizinhança começaram a desaparecer, ou esntão, voltavam pra casa muito chamuscados. No meio da noite, podia-se ouvir a risada sarcástica de Jorginho a um quarteirão de distância.

Marcinha, garota simpática, ganhou dos avós um walkie-talkie. Seus avós não foram muito espertos. Veja por que:
Garota + acesso à internet + walkie-talkie = CLONAGEM DE TELEFONES
Então os telefones de todo o quarteirão foram clonados, aumentando as contas telefônicas em 300 por cento. E os telefones tocavam a noite inteira, o tempo todo, e qualquer um que atendesse o seu telefone fixo ou celular podia ouvir a risada sarcástica de Marcinha.

Um dia Jorginho matou o gato de Marcinha e mutilou terrivelmente o seu cachorro. Então, Marcinha, clonou o telefone de Jorginho e pediu quilos de drogas para o traficante local e disse que Jorginho iria pagar. Jorginho, foi ameaçado pelo traficante e desconfiou de Marcinha.

Marcinha morreu quando sua cama foi envolvida numa bola de fogo no meio da noite. Seus gritos só foram abafados pelo barulho dos tiros que o traficante dava no peito e na cabeça de Jorginho.
 
16 agosto 2002
posted by Paulo Vivan at 12:39 PM

A vida não é só combater o crime.
 
posted by Paulo Vivan at 12:15 PM

ISSO É O QUE AS PESSOAS FAZEM

Por que eu tenho a impressão que todo mundo ou pelo menos uma grande parte das pessoas fazem algo melhor que eu num final de semana? Eu vou ao shopping, saio com os amigos, vou ao cinema... E ainda assim, quando acaba o final de semana eu penso: que puta lixo!
Aí vem a pergunta para quem quer que esteja do lado, seguida da resposta:
- Isso é o que as pessoas fazem.

Cacete!!! Vou passar meus finais de semana como um cachorro agora! Vou começar comendo uma tigela de ração, e enfiar a cara na água para dar uns goles. Depois vou babar pela sala e pular em cima de quem chegar perto. Vou dormir no chão, pelado, e lamber minhas partes íntimas. Pela manhã, vão me levar passear, e vou fazer tudo que eu tiver direito num poste. Não vou gastar um real, e ainda vou ganhar muitos afagos. E se o destino for feliz comigo, ainda transo com a primeira cadela que eu ver. E as pessoas vão olhar pra mim e dizer:
- Que bonitinho!
 
15 agosto 2002
posted by Paulo Vivan at 11:48 AM

MAMÃE, VOVÓ E IRMÃ VERSUS NOVA NAMORADA

Apresentar a namorada pra sua mãe é uma das coisas mais terríveis que podem existir, especialmente numa família como a minha. Minha mãe, minha vó e minha irmã parece que vão contratar a garota. São uma equipe de RH completa e pronta para analisar até o último fio de cabelo da candidata.
Minha vó é aquela pessoa que recebe bem, traz café, pede pra esperar naquela salinha. Lá a garota vai ficar desconfortável, sem nada pra ler e o café tão sem açucar que todas as espressões faciais vão se contorcer se ela der um gole sequer.
Depois de esperar alguns minutos, ela é chamada para um outra sala, maior, com um sofá, onde minha irmã vai estar esperando. Vai bater um papo descompromissado, mas no fundo vai estar tentanto descobrir falhas de caráter, habilidades, e pesquisar o histórico de relacionamentos passados. Pra finalizar essa etapa, minha irmã encaminha a garota para a próxima sala, onde minha mãe está esperando.
Agora chegou a pior parte. Sem sorrisos, sem gracinhas, sem conforto. Apenas uma sala vazia com uma cadeira de madeira no meio, iluminada apenas por uma lâmpada pendurada do teto. E minha mãe encostada na parede. A garota senta e minha mãe começa a andar em volta da cadeira e fazer as perguntas de praxe; idade, residência, estudo, trabalho... A partir daí, não sou mais autorizado a acompanhar o procedimento e sou escoltado pra fora da sala.
Se a pretendente conseguir passar por isso ilesa, e com a aprovação da família, teremos um belo namoro em mãos.

Mas, se você quer uma dica pra apresentar sua namorada pra mama, faça o seguinte:
- Mamãe, hoje a Zuleide, minha nova namorada vem aqui em casa. Ela é cigana, mora num trailer! Mas não se preocupe... Ela é rica. Todos os dentes dela são de ouro.

Agora é só trazer sua namorada real. Tenho certeza que sua mãe vai gostar dela.
 
02 agosto 2002
posted by Paulo Vivan at 3:58 PM

Decidi que preciso ser mais legal, mais "cool"...
Não que eu não seja legal. Mas acho que posso ser mais legal ainda. Entrar num novo nínel.
Pessoas legais usam óculos escuros. O tempo todo.
O próximo passo é deixar minha barba muito bem feita.
Comprar roupas novas.
Aprender a mais nova dança.
E...
Ah sabe de uma coisa, foda-se. Vou é rolar na grama de pijama. Quer ir também?
 
posted by Paulo Vivan at 11:58 AM

O HOMEM ICQ

Após anos de pesquisa, trabalho árduo, e muito café, cientistas paraguaios finalmente conseguiram fundir homem e software: eles criaram o homem-icq.
Basta ele colocar uma plaquinha com um desenho específico na sua lapela que o homem-icq adquire estranhos poderes. Capaz de realizar estas façanhas sobre-humanas, o homem-icq foi solto nas ruas para testar suas habilidades em frente a situações cotidianas.

ONLINE - Pronto pro que der e vier, o homem-icq coloca uma flor verde na sua lapela e vai a luta.
- Oi, quer tc?
- "Tê Cê"? O que é isso?
- Posso entrar na sua lista? - e ele entrega um cartão com um pedido.
- Que lista, rapaz? Tá louco??
- Quer ver como eu sou? Te mando minha foto.
- Pra que?? Tô vendo sua cara.

Então o homem-icq vai passear em outro lugar. Entra num restaurante e põe uma placa com uma flor verde e está com um grande sorriso amarelo na cara.
- Olá senhor. Quer uma mesa?
- Não. Quero bater um papo - entrega um cartão - Aceita?

E o homem-icq vai ao banheiro. Entra no feminino e põe uma plaqueta com uma flor verde e entra com um olho fechado.
- Ahhhh!! O que você está fazendo aqui seu safado!!
- Estou invisível. Você não pode me ver.
- Seu imbecil, estou te vendo!! Vá pro inferno e saia daqui.
O homem-icq cola então uma plaqueta com o simbolo "away" e entrega o cartão escrito "fui ao banheiro" e sai do toalete feminino. Entra no masculino e tenta abrir a porta do cubículo mas está trancada. Ele olha a fechadura e lê "occupied". É paixão a primeira vista.
 
01 agosto 2002
posted by Paulo Vivan at 12:30 AM

SÂO PAULO - 31.07.2002
>> 09:16 AM - RUA MINISTRO GODOI
Acordei, pronto pra mais um dia de trabalho, me troquei e coloquei meus óculos. Não conseguia ver direito com eles... Estavam meio embaçados... Engordurados... Não dava pra enxergar lhufas... Tirei, limpei, passei detergente, odd, o caramba... e nada da mancha sair... Pensei "que se foda" e vou trabalhar com essa merda do jeito que está...

>> 09:28 AM - ESTAÇÃO BARRA FUNDA DO METRÔ
Parei pra ver o jornal numa banca e uma senhora fic olhando pra minha cara, encarando mesmo. E não conseguindo ler porra nenhuma por causa da mancha, e agora por causa da velha na frente também. A velha cochicha pra quem tá do lado dela e a pessoa começa a me encarar também.
- O que que é??? Viu alguma coisa?!
- É ela!! - diz a velha.
- Não minha senhora... Você não está entendendo... Eu sou HOMEM.
- A santa!!!
- Santa, santa... Santa pacíência!

>> 09:43 AM - MARGINAL TIÊTE
Enquanto estou no ônibus para o meu trabalho, várias pessoas estão seguindo o ônibus em cima de caminhões e trios elétricos. Alguém tira uma foto polaroid da minha cara e vende pro cidadão do lado. Alguém já descobriu meu nome e a multidão grita e reza.
- Santa do óculos do Paulo! Abençoai-nos!!!
- Porra, sai fora! Vão trabalhar!!!
Alguém me joga um celular e diz:
- Paulo, pede pra santa resolver o problema do meu celular!
Eu jogo o celular no chão e espatifo ele.
- Pronto. Agora não funciona de vez. Amén.

>> 09:51 AM - RODOVIA ANHANGUERA
A multidão cerca o ônibus e começa a invadir. Os que não conseguem entrar, começam a balançar o ônibus. Começam a passar a mão em mim e rasgar minha roupa.
O ônibus vira e tenho que sair pela janela quebrada. Consigo me desvencilhar da multidão e corro pro posto de gasolina mais próximo.

>> 09:54 AM - POSTO DE GASOLINA
Chego no posto e me viro pra multidão que me segue.
- Chega! Chega, porra! Será que vocês não entendem que isso é só uma mancha??
- Sim, a mancha sagrada! A santa do óculos!!
- Olha, pra mim chega!!!
Tiro os óculos, jogo no chão e piso em cima. Piso até destruir toda a lente e a armação. Depois, pego a armaççao e levanto pra todo mundo ver.
- Tão vendo, só?? Cadê a santa!? Cadê?? Ai!
E então me corto com um caco de vidro da lente.
- Meu deus! A santa tá dentro dele agora!! Viva!!!
- Ai, cacete... Por que é que eu não vim de lente de contato...

>> ENQUANTO ISSO EM FERRAZ DE VASCONCELOS...
Um garoto, uma pedra e um estilingue estão prestes a dispersar uma multidão.