28 fevereiro 2002
posted by Paulo Vivan at 3:19 PM

Danilo era uma garoto normal. Tinha uma vida normal e ia mais ou menos bem na escola. Até que um dia, Danilo descobriu estava sendo escrito por Paulo Vivan.
Já sabia que teria um destino trágico. Seria morto, estripado, sujo na lama, tragicamente como Camilo, o garoto da tartaruga e do Yakult. Danilo conhecera Camilo e não queria isso, lutaria com o autor até a morte de um dos dois.
Percebeu, então, que não podia matar Paulo Vivan. Então Danilo começou a correr.
Se escondia em chats que ninguém entrava.
Se escondia em blogs que ninguém lia.
Se escondia em leilões on-line de perucas.
Até que, vacilou, e foi mandado por e-mail de volta para Paulo Vivan.
- Seu Paulo... Eu não quero morrer! Por favor!
- Sinto muito, filho. É a lei do oeste.
- Lei do oeste? Que porra é essa??
- Deixa pra lá... Você é muito novo...
- Senhor, por favor... Eu não fiz nada... Não me mate! Prometo ser um personagem carinhoso e engraçado.
- Hum... Ok. Não vou te matar.

Paulo Vivan cumpriu sua promessa. Danilo foi para casa, feliz. No dia seguinte, depois de voltar da escola, Danilo está jogando bola e é atropelado por uma carreta. Seu pai o enterra num cemitério de animais e ele volta a vida, matando toda sua família. Danilo reencontra Paulo e pergunta:
- Você prometeu que não ia me matar. O que aconteceu?
- Dei o resto da história pro Stephen King completar.
 
26 fevereiro 2002
posted by Paulo Vivan at 12:02 AM

CONSELHOS PARA UM NOVO MILÊNIO

Evite conflitos com seguranças. FUJA.
Evite filas quando for pagar o estacionamento. QUEBRE A CANCELA.
Não se estresse com a realidade. USE DROGAS PESADAS.
Evite pessoas chatas. SEJA DESAGRADÁVEL.
Se alguém continuar te incomodando - FIQUE VIOLENTO.
Não fale duas vezes a mesma coisa. GRITE.
Evite gastar dinheiro. PEÇA EMPRESTADO.
Se pedirem de volta - NÃO DEVOLVA.
Evite ser assaltado. MORDA.
 
22 fevereiro 2002
posted by Paulo Vivan at 12:04 PM

Descobri que aqui onde trabalho, pessoas mandam cartas pro RH, relatando experiências de sua vida, dizem seus problemas pessoais e as vezes conseguem uma certa ajuda financeira. Pensando em um aumento, já preparei minha cartinha.

"Chegando do trabalho em casa - por Paulo Vivan"

Não é que eu me importe ser acorrentado no porão, é que, quando a carne é arremessada escada abaixo, e cai naquela poça lamacenta, os ratos tem sempre a vantagem do número. Fora que muitas vezes, a carne cai meio longe, e minha corrente nem me deixa chegar perto. Mas estou feliz. Tem chovido bastante ultimamente e a poça da qual bebo água não seca já faz uma semana.
Ontem, meu padrasto me deu um presente. Me deu um banho de mangueira! Que delícia! Só gostaria que ele tivesse tirado minhas roupas molhadas para que eu pudesse ter uma noite razoável de sono. Entendo o lado dele. Ia ter que lavar e pendurar a roupa pra secar... Iam ser dois trabalhos.
Sinto que estas experiências fazem parte da vida. Afinal de contas, minha irmã de 13 anos me conta que todo dia, homens diferentes vão ao quarto dela, deitam na cama com ela e contam cada história triste. Gosto muito de conversar com minha irmã. Realmente, existem pessoas em pior situação que nós. Mas estou feliz de trabalhar nesta prestigiosa empresa e agradeço ao pessoal do RH por esta oportunidade de compartilhar um pedaço da minha vida.

Um abraço.
 
20 fevereiro 2002
posted by Paulo Vivan at 11:32 PM

S.E.P.

Despertador, despertador de novo, acordar, pasta de dente, privada, descarga, roupa, Ana Maria Braga, café, leite azedo, Nescau empelotado, Xuxa, Sacha, Angélica, Eliana, Jackeline, Pokémon, tênis, Guga, futebol, jornal, crachá, rua, pagode, semáforo, buzina, metrô, fedor, empurrão, fedor de novo, poça d'água, chuva, sol, fumaça, água gelada demais, catraca, chefe, mesa, Windows, suporte técnico, vômito, enfermaria, e-mail, encaminhado, garota desaparecida, corrente, almoço, pedra no arroz, refrigerante Skincariol, barata, vômito de novo, enfermaria de novo, gastrite, Windows de novo, suporte técnico de novo, impressora, papel, papel higiênico, árvores, ecologia, holerit, banco, saldo, depósito, retirada, cartão inválido, disritmia, pressão baixa, sal, água, mesa de novo, chefe de novo, entrada, saída, telefone, telefone celular, caixa postal, recado engraçadinho, corrida, ônibus indo embora, foto do Daniel só de cueca atrás do ônibus, lotação, fedor outra vez, troco errado, churrasco de gato, pedinte, porta, chave, banheiro, vômito, papel, telefone, pizza, vale refeição, "não aceitamos", cheque, "não aceitamos", desliga, pão Pullman, O Clone, Casa dos Artistas, Big Brother, cama, acertar despertador, dormir.

diagnóstico -
Síndrome do Emputecimento Progressivo.
 
17 fevereiro 2002
posted by Paulo Vivan at 11:48 PM

INFERNET

"A Internet pode ser um lugar traiçoeiro e confuso."
Sei.
E por acaso a vida real é uma maravilha, né? Ninguém te trai, nem te confunde? Então você nunca votou na vida.
Eu tenho pena dessas pessoas que tem medo da Internet. Recebem um e-mail corrente "se você não repassar pra 50.000 vai morrer" e acreditam. Ah, é claro. O seu mouse vai roer seus dedos e milhares de e-mails com sua senha bancária vão ser enviados. Blá, blá, blá...
Ah meu deus, hackers vão invadir o meu computador!! Que medo! E vão levar o que? Minhas músicas, minhas imagens, meus locais de rede ou meus documentos? Isso me faz lembrar como o Windows XP é possessivo... Tudo "é meu, é meu, é meu"...
- Posso copiar, por favor?
- Não é possível copiar arquivo. O arquivo é MEU.
- Ah vai, por favor...
- Você leu o que estava escrito no menu? Está escrito MEU computador e não SEU computador.

Que porra significa XP afinal de contas? Experience?? Ah tá... Essa é uma daquelas experiências que você TEM que passar pra se tornar uma pessoa melhor... Instalar ele requer um nível quase nirvana de calma... Obrigado, Bill. Alcancei a redenção após instalar o Windows XP.
E a superestrada da reclamação só continua crescendo! Você escreve e-mail pra brigar com as pessoas das quais não quer ou nem tem contato... Fantástico isso! Queria que isso estivesse funcionando quando eu tinha uns 4 ou 5 anos:

Titio Spielberg,

Por que você fez o ET ir embora? Eu não queria que ele fosse embora. Meu papai tentou me acalmar, mas não adiantou. Você tem idéia do quanto eu chorei no cinema? Chorei tanto e gritei tanto que me confundiram com uma menina! Isso é coisa que se faça com criança? O ET tinha é que ter ficado com o menino e fazer ele voar todo dia.
Meu pai disse que você estragou tudo. Você é o vilão. E pra finalizar, umas palavrinhas que aprendi essa semana na escola: VAI SE FUDER!

Paulinho.
 
08 fevereiro 2002
posted by Paulo Vivan at 2:40 PM

Pensando mais sobre os zumbis, cheguei a conclusão que eles não sabem que estão mortos. Vem andando devagar pra abraçar você, mas você corre do cheiro de podre. Eles não entendem, e vão calmamente atrás de você.
Então, antes de pedir aquele aumento ou chamar aquela garota pra sair, tenha certeza que respondeu esse pequeno questionário que eu criei.

VOCÊ É UM ZUMBI?


1- Submirja seu corpo todo - primeiro a cabeça - na água quente por dois minutos e meio. Pode ser numa banheira. Se você for vivo e saudável, deve começar a sufocar e tossir. No entanto, se ficar confortável submerso, enquanto a água vai se enchendo de pequenas nuvens de sujeira e fluídos corporais, alguns centímetros de pele solta ficarem boiando – considere uma visita ao IML.

2- Conte o número de buracos na sua cabeça. Mais que sete, sem incluir piercings!? Oh,oh... Problemas.

3- Quando acordou esta manhã:
a) saiu da cama pela esquerda;
b) saiu da cama pela direita;
c) saiu de um caixão e teve que cavar pela terra fofa?

4- Anda preocupado em inventar novas maneiras de preparar um cérebro humano, por exemplo, levemente tostado servido com alface ou espalhado numa torrada?

5- Alguma vez se encontrou deitado no chão, com um contorno de giz em volta, desenhada no chão?

6- Alguma etiqueta estranha no seu dedão do pé?

Se por acaso, respondeu afirmativamente alguma dessas perguntas, você é o primeiro zumbi a navegar pela Internet. Parabéns!
 
07 fevereiro 2002
posted by Paulo Vivan at 11:37 AM

ZUMBI

Sempre que você passa por um acidente de carro, você estica a cabeçona pra fora da janela e espera ver algum pedaço de gente ou algum morto por completo. A personificação desse desejo de ver gente morta é o Zumbi.
Quem é que não gosta de um Zumbi? Zumbis são legais!

Eu acho que os zumbis são sempre mal-entendidos. Por que? Porque sempre atiramos neles com uma 12 assim que eles aparecem. E as vezes eles derrubam uma caixa de munição. Não é incrível?

Ninguém nunca tentou fazer um estudo realmente científico para descobrir o que motiva esses semi-mortos. Esqueci... Eles curtem comer cérebros. Acho que eles assistiram aquele cara comendo a cabeça do macaco no "Faces da Morte 1" e ficaram com o desejo reprimido... Aí já viu, morreu, perdeu o contato com os familiares... faz o que dá na telha!

Outro fato que me chamou a atenção foi como os zumbis dirigem mal. Coloquei um no meu carro - o cheiro de carne podre não vai sair tão fácil - e coloquei ele atrás do volante:
- Vai, dirige.
- Hmmmm... ggrrr...
- Põe a segunda... Vai.
- Gruuuu... Bmmm...
- Agora circula esses cones... isso... Não, não mexe no som!
- Fsss.. Ahnrrrr... Uuuuuunhgh...

Resultado: Quando o zumbi engatou a segunda marcha, o braço dele desengatou do ombro e caiu na embreagem. Gente podre é assim mesmo. Na verdade, os resultados foram inconclusivos. Zumbis dirigem mal porque estão mortos ou estão mortos porque dirigem mal? Nunca saberemos.
 
05 fevereiro 2002
posted by Paulo Vivan at 4:07 PM

CIDADE DAS CANETAS PERDIDAS

Já perdi três ou quatro canetas e é apenas o meu segundo dia de trabalho. Eu acredito que isso é obra de algum duende, leprechaun gnomo, ou algo do tipo, pois, pra algum lugar elas devem ir. Outra dimensão, disco voador, elas devem aparecer na Cidade das canetas perdidas.

Lá é onde estão todas as canetas que você perdeu durante sua existência. A minha caneta borracha, minha caneta de Itu, caneta da Coca-cola, caneta com cheiro, caneta Sakura que dá cancêr, Bic 2 e 4 cores, caneta de 10 cores...
Vou pedir ajuda pro Allan Quartermain, afinal de contas, ele achou a Cidade do ouro perdido e as minas do rei Salomão...

- Ei, Allan, viu minha caneta por aí?
- É de ouro?
- Não.
- Então vá se foder.
 
posted by Paulo Vivan at 12:45 AM

DE VOLTA À MINA DE CARVÃO

Mais uma vez, o inevitável acontece. Acabam-se as férias. Eu sei. 40 dias de férias remuneradas passam voando mesmo. Mas estou de volta e já tive algumas surpresas maravilhosas. O tio Silvio me deu o CD-ROM do Show do Milhão 4, com mais de 17 bilhões de perguntas inéditas, nas mais novas categorias como: INÚTIL, PERGUNTAS BABACAS, QUE HORAS SÂO?, e OI, TUDO BEM?.
A melhor frase da caixa: "Produto não perecível. Não causa danos à saúde". Não, é? E se eu comer o CD-ROM? Vou processar.

O melhor de voltar ao trabalho são as frases feitas: "Tomou soooool..."; "Quaaanto teeeempo"; "Bonito cabelo noooovo" (Obrigado, Gatinha!)...

E aqui está sua mesa.
Sua gaveta.
Seu PC que não funciona.
Seu grampeador.
Seu telefone.
Suas próximas férias remuneradas daqui a 11 meses...

Alguem aí a fim de um happy hour... No pico do jaraguá? Desculpem, é a coisa mais perto do meu trabalho. Mas garanto a pipoca doce.