31 agosto 2001
posted by Paulo Vivan at 11:37 AM

BREVE, NUM CINEMA PERTO DE VOCÊ

É Silvio... Demorou pra vender os direitos da história do sequestro pra Warner Bros ou pra Disney. A história tem tudo, suspense, ação, romance. Já estou até vendo o elenco do filme na minha cabeça:
Sílvio Santos = Jack Nicholson
Patrícia Abravanel = Sarah Michelle Gellar
Fernando Dutra Pinto = Keanu Reeves
Os 2 Sequestradores = Freddie Prinze Jr., Matthew Lillard
Jennifer, a namorada = Charlize Theron
Policiais mortos = Stephen Baldwin, Dan Hedaya
Policial baleado = Robert Patrick
Geraldo Alckmin = Stanley Tucci
A Jornalista = Jeneane Garofalo
Secretário de Segurança de São Paulo = John Goodman
O Negociador = Christopher Walken

Qualquer dúvida de escalação, visite o site IMDB.
O filme tem que ser produzido por Jerry Bruckheimer, assim vai ter merchandisings e trailers infernais que vão passar de cinco em cinco minutos. A direção ficaria a cargo de Robert Rodriguez, é claro!
 
29 agosto 2001
posted by Paulo Vivan at 12:47 AM

A NOITE DOS MORTOS VIVOS

O ajudante de caminhão Pedro da Silva Correia, de 43 anos, foi enterrado vivo ontem à noite no Cemitério Público do Caju, em Campos (Norte do Rio), depois de levar dois tiros. Ao acordar esta manhã, saiu caminhando da cova até o Hospital Ferreira Machado, que fica nas proximidades.Os médicos decidiram esperar as próximas horas para decidir se retiram ou não a bala que está alojada na cabeça.
Até o momento, Pedro não foi procurado por nenhum familiar.


Se ele começar uma dieta de cérebros humanos, acho que não vou me espantar. Quem é que teve a idéia de enterrar ele num cemitério de animais? E outra: não quero ver ninguém reclamando que saiu mais um filme da série "Sexta-feira 13", que é um absurdo, que o Jason não morre nunca. Se isso acontece com o Pedro aqui no Brasil, imagina lá nos Estados Unidos.
 
posted by Paulo Vivan at 12:27 AM

Maldíto condomínio! Não tem piscina. Não tem sauna. Não tem porteiro depois das 22:00. Não tem lanchonete. Não tem TV a cabo. Não tem faxineiro. Não tem elevador. Não tem quadra. Não tem nem mulher na parada! Só tem uns três caras: um tal de LURBA, um sujeitinho MANDRUCA e um figura CEREAL... Lá se vai a vizinhança.
URBANÓIA. Não é nenhum Cingapura, mas eu gosto. Dá uma passada lá que te pago um caldo de cana.
 
posted by Paulo Vivan at 12:17 AM

PEGUE, POR FAVOR

Indo pro metrô, galerias, shopping centers e coisas do tipo, tem sempre uma figura que vai te encontrar pela frente e te obrigar a fazer algo que você não quer (e não é a sua mãe). Pessoas que entregam folhetos. Você consegue desviar delas? Caramba, nem se você estiver com a mão nos bolsos os caras não desistem! É tipo assim, aquele olhar que diz tudo: "Vai cara, por favor... vão quebrar as minhas pernas se você não pegar... me ajuda..." Aquela mãozinha estendida... aquele olhar de cachorro sem dono... Snif...
O melhor de todos foi um que eu recebi dirigindo: Tire sua carteira de motorista. Cacete! Já estou dirigindo!!!
E de imobiliária??? Acho que a maior causa de multas em faróis vermelhos se deve ao desespero do motorista ao ter que parar e pegar mais um desses panfletos.
 
28 agosto 2001
posted by Paulo Vivan at 1:12 AM

O centro de São Paulo, mais especificamente a Praça da Sé, poderia ser considerado uma dimensão paralela. Ou, como minha vó diria, o fim do mundo. Então, fui eu lá na segunda-feira gravar umas bizarrices pro programa. Chegamos, estacionamos na calçada. Saímos da van, eu e a produtora, aparece um garoto de uns 8 ou 12 anos (devia ser subnutrido pois não consegui calcular a idade). O garoto chega perto e diz umas putarias pra menina. Não entendi direito, só consegui distinguir as palavras "buceta", "gostosa" e "enfiar a mão"... Uma gracinha de menino. A produtora voltou pra dentro da van. Então, fomos gravar uns malucos num andaime, olhei pro lado pra conferir um mendigo que tinha tomado um tombo numa escadaria, quando olhei de volta já tinha me perdido da equipe. Jóia. Resolvi voltar pra van. No caminho, do outro lado da rua, estava rolando uma greve. Fui lá, ganhei uma bandeirinha, entrei no meio da galera e gritei com eles como se estivesse num show. Foi demais! Cheguei na van, o moleque de antes estava amarrando um filhote de cachorro com uns trapos e arrastando o bicho de um lado pro outro.
A equipe voltou (ilesa) e fomos embora... E o que eu aprendi com tudo isso? Nada.
 
24 agosto 2001
posted by Paulo Vivan at 11:43 PM

AUTORAMA

Existe um lugar em São Paulo, conhecido como Autorama, onde gays param seus carros e se encontram para realizar umas sacanagens. Um dia baixou a polícia:
- Parado aí! Vocês aí do Vectra! O que vocês pensam que estão fazendo?
- Nada não seu guarda... Sou só o advogado dele.
- Nada? Você estava comendo o outro cara!
- Seu safado! Vou contar pra sua esposa, canalha! - diz o outro policial.
Os dois policiais se dirigem até outro carro.
- Pode parar! Que sacanagem é essa?
- Não tem sacanagem não... Ele é só meu dentista.
- Dentista? E porque você estava chupando ele??
Depois desses, os policiais vão até uma Brasília velha.
- E você dois aí? O que estão fazendo? O que você faz da vida?
- Eu? Eu sou pedreiro.
- E esse que tá do seu lado?
- Ele é o servente.

E o que aprendemos com essa historinha simpática? Advogados sempre fodem seus clientes. Dentistas estão sempre enfiando instrumentos na sua boca. Pedreiro é pau pra toda obra, mas é o servente quem mete a mão na massa.
 
22 agosto 2001
posted by Paulo Vivan at 8:06 PM

EL CALDERÓN!

Perdeu seu cartão de crédito? Roubaram sua carteira? Aquele ex-namorado não sai do seu pé? Não se preocupe mais com esses problemas, porque chegou no mercado a empresa que resolve qualquer problema: EL CALDERÓN!
Sim, EL CALDERÖN acha sua carteira, seu cartão de crédito, travellers checks ou simplesmente resolve seu problema com aquele vizinho chato. Nada de segundas vias, nada de ligar para o banco, nada de suar a camisa, El CALDERÓN resolve seu problema rápido e sem enrolação, não é mesmo senhor John?
- Sim, é verdade... roubaram o meu cartão do banco e o pessoal do EL CALDERÓN caçou os malditos como animais. É verdade, caçou eles e os torturou depois. Não me importo com isso na verdade. Só queria meu cartão de volta.
E você? O que está esperando? Chegou a hora de acertar as contas com aquele valentão do colégio ou aquele chefe chato. Aproveite! Peça nossos serviços agora e ganhe inteiramente grátis uma fita de vídeo com a sessão de tortura de quem te fez mal.

El Calderón - resolvemos qualquer problema!
 
posted by Paulo Vivan at 12:02 PM

Encare a realidade: Você nunca será tão legal quanto o Christopher Walken. Não precisa ficar envergonhado, isso já foi muito discutido e não há um ser humano vivo que seja mais legal que o Christopher Walken. Imagine só quantos filmes não ficariam melhores só com a presença dele? Bill e Ted com Christopher Walken. Matrix com Christopher Walken. Malcom X com Christopher Walken. Alladin com Christopher Walken. E ele também poderia invadir os outros meios de comunicação e também todos os aspectos de nossa vida. Christopher Walken na guerra. Christopher Walken como seu chefe. Christopher Walken como seu tio. Christopher Walken como taxista. Um mundo muito mais legal.
 
posted by Paulo Vivan at 12:43 AM

Fui no oftalmologista e me receitaram um colírio. Comprei o maldito colírio, pinguei no olho e... putaquopariu como essa porra arde!!! Mas começei a me sentir melhor... não sei explicar... estranho... uma sensação de poder... quase como se eu estivesse em controle da minha vida. Tudo ficou claro. Motivos eu sempre tive, só me faltava aquele algo mais, aquela força de vontade, aquele desejo de ir até o final. Saí do trabalho e nem olhei pra trás. Cheguei em casa, entrei no meu quarto e... formatei o meu computador.
 
19 agosto 2001
posted by Paulo Vivan at 1:58 PM

McDIA FELIZ

Quero ajudar as crianças com cancer. Então, vou ao McDonald’s no McDia Feliz e como um Big Mac. Comendo um Big Mac eu acabo ficando com cancer. Será que vão fazer um dia especial no Bob’s pra ajudar quem ficou com cancer depois de comer no McDonalds? E as crianças que nós curamos com o dinheiro do McDia Feliz? Será que elas vão crescer e querer ajudar mais crianças com cancer, e assim, comer um Big Mac, ficando com cancer mais uma vez??? Que porra de campanha é essa!?!
 
posted by Paulo Vivan at 1:57 PM

Domingão, macarronada básica! Minha vó fez uma macarronada que estava um tesão. Tinha muito molho e muito queijo ralado. Coisa de louco. Fui o primeiro a atacar, comi o primeiro prato sem mastigar - era aquele macarrão comprido de sugar, vixe! Descia escorregando que era uma beleza. Já no segundo prato, fui com mais calma e peguei o macarrão com a colher e pus no meu prato (na primeira tinha pegado com a mão). Então, eu vi, oh, foi horrível! Uma mosca no meu macarrão. Na sopa, até que tudo bem, mas no macarrão!? Comecei a vomitar na mesa, no prato na roupa... Minha mãe olhou pra mim com a boca cheia, parou de mastigar e começou a chorar, com a boca cheia de macarronada - o que me deu mais nojo ainda. Meu pai, nervoso, bateu a mão na mesa e falou: “Vamos parar com essa merda!” Mas, quando ele bateu a mão na mesa, pegou na ponta do garfo que voou e furou o olho da minha irmã. Aí começou a sair um líquido do olho da minha irmã, aquela gosma escorrendo. Meu pai começou a gemer e colocou a ponta do dedo indicador dentro do olho furado da minha irmã pra ver se parava de sair a gosma. Eu estava vomitando até a bile. Minha mãe, coitada, tinha chorado até o cérebro secar. E tudo por causa de uma maldita mosca. Bicho nojento.
 
10 agosto 2001
posted by Paulo Vivan at 11:08 PM

Esta semana foi um lixo. Por que? Porque trabalhar é um lixo. E trabalhei mais que o normal desta vez. O ruim de trabalhar é que você nem tem tempo pra pensar. E quando tem tempo pra pensar, só pensa no trabalho... é uma merda. Por isso vou pedir demissão.
Já planejei tudo: vou no programa do Ratinho e falar que tive um filho com um extraterrestre durante uma temporada em São Tomé das Letras. Depois, aproveitando minha exposição na mídia, vou formar uma banda de rock com meus amigos de infância que fará muito sucesso. Fãs, grana, viagens, sexo fácil... teremos tudo o que sempre quisemos. Botons, camisteas, capas de revistas... Nossos rostos estarão em todo lugar.
Depois de um tempo começarei a achar tudo uma grande bosta e partirei para uma irreverente carreira solo. Me afundarei nas drogas, me rebelarei contra tudo e todos e, acuado pelo sistema, me enforcarei num quarto de um hotel qualquer em Amsterdã.
Será SUPER emocionante.
 
09 agosto 2001
posted by Paulo Vivan at 11:28 PM

VIDAS EXEMPLARES

Luis Eduardo era muito indeciso. Tão indeciso que suas moléculas não conseguiam formar um corpo. Ele era uma nuvem.
Seu vizinho bate à porta:
- Oi Dudu.Você não teria aí uma xícara de açucar pra me emprestar?
- Não sei... pode ser... só açucar... ou café... ou sal... não sei...
- Acho que sim... se bem que... não sei... talvez café... preciso pensar um pouco e já volto. Tchau!
- ...Primeiro o vizinho, depois o mundo...
__________

Ricardo Scappini era um menino fraco que um dia pegou uma guitarra e nunca mais largou. Ele não jogava bola, não andava de bicicleta mas tocava guitarra o dia inteiro.
Juntou uns amigos, formou uma banda e viajava fazendo shows. Enquanto isso sua saúde piorava. Quando não podia mesmo viajar de tão doente, ficava em casa tocando sua guitarra. Num desse dias, ele levou um choque e morreu na hora.
Mas deixou fitas e mais fitas gravadas e todo ano sai um disco novo.
__________

Marcelo Mandruca meditava em busca de uma revelação que mudasse sua vida por completo. Meditando ele conseguiu sair de seu corpo e se observar meditando. Depois ele passou a se observar se observando meditando. E depois a se observar se observando se observando meditando.
O corpo dele continua esperando por uma revelação que mude sua vida por completo.
__________

O homem pisa em Marte. A primeira coisa que Ricardo Santana faz é tentar se enturmar com alguns alienígenas:
- Fala doutores! Como é que foi o jogo de domingo? Meu rádio não estava pegando muito bem.
Os alienígenas nem dão bola e continuam a conversar entre si em sua lingua própria. Ricardo fica vermelho, começa a suar e seu capacete a embaçar. Ele sai de fininho. O homem nunca mais voltou a Marte.
__________

José Renato era a piada em sua cidade. Pretendia cavar um túnel ligando São Paulo a Tókio. Num certo dia ele começou.Cavou até o centro da Terra e lá encontrou uma comunidade de homenzinhos que o receberam muito bem. Lá ele passou os melhores dias de sua vida.
Temendo que a humanidade acabaria por destruir a harmonia existente no centro da Terra, ele voltou e tapou o túnel.
Depois disso, sem família e sem dinheiro ele continuou sendo a piada da cidade.
 
posted by Paulo Vivan at 11:25 AM

DR. FRITZ

- Doutor Fritz, mais uma consulta pro senhor.- diz uma secretária.
- Aaaaaaarrrrrrrgggggghhhhhh (som de espírito incorporando)
- Oi doutor Fritz. Tenho um tumor do tamanho de uma laranja no cérebro e o senhor é o único que pode me ajudar. - diz um rapaz.
- Deeeeiiiiiitttteeee aaaaquiiiii...
Então, doutor Fritz, operando através do corpo de Jorge Gonçalo, perueiro registrado, enfia as mãos na barriga do paciente e retira... Uma laranja!
- Chuuupeee eeeesssteee laaarrrranjjjaa parraa fiiinnaaalliiizzaarr ooppeeerraaçooon...
- Incrível! Obrigado, doutor Fritz!
Enquanto isso, no outro lado da cidade:
- Doutor Fritz, mais uma consulta pro senhor.- diz uma secretária.
- Aaaaaaarrrrrrrgggggghhhhhh (som de espírito incorporando)
- Doutor Fritz, tenho um problema de coração gravíssimo, será que o senhor não pode me ajudar? - diz uma mulher.
- Ëééé coooonveeennniiiaaadaaaa deee Aaaammiill? - pergunta o outrora assistente de contabilidade, Émerson Rinaldi recém transformado em doutor Fritz.
- Sim, doutor Fritz.
- Deeeeiiiiiitttteeee neeesssttee caaammaa...
Doutor Fritz pega um serrote enferrujado, abre a barriga da mulher. E com uma caneta bic, revira todo o intestino dela. Fecha o corte com um grampeador para mais de 100 folhas e deixa a caneta bic dentro da mulher.
- Poooddeee iiiirrrr... taaallvveezzz ffaaaççaaa xxiiixxiii aazzzuulll aaammaannhããã...
- Argh.. o-o-obrigado... do-doutor...
Pela manhã, no Diário Popular: MULHER MORRE DEPOIS DE SER OPERADA COM UM SERROTE ENFERRUJADO PELO DOUTOR FRITZ.
- Doutor Fritz, o que você tem a dizer sobre a morte daquela senhora?- pergunta um repórter.
- Aaaaaaarrrrrrrgggggghhhhhh (som de espírito incorporando) - então, Ivanildo Gomes, antes office-boy, agora doutor Fritz, responde:
- Nooonnn mmooorreeeuuu ddooo coorraaaççooonnn...

E assim, Dr. Fritz entra para a prestigiosa história da medicina moderna ao lado de Dr. Menguele e Dr. Kevorkian.
 
03 agosto 2001
posted by Paulo Vivan at 12:26 AM

Outro dia, como sou fã de filmes ruins, resolvi alugar "Sexta-feira 13 - parte 1". Realmente, é um horror de filme. Todo mundo fala: "Ah, o Jason, que medo!"... mas a verdade é que ele não passa de um mendigo nesse filme; e um mendigo dos mais mulambentos... Você pensa que aquela história de máscara de hóquei sempre existiu, né? Pois é. Nesse filme o Jason usa um saco de pano na cabeça. Um saco!! Ai, que meda!
Acho que isso deve ter sido influência da mãe do Jason. Sabe aquelas velhotas, que quando começa a chover, colocam um saco de plástico do Extra na cabeça pra não molhar aquele cabelo roxo ou azul? A mãe do Jason era uma dessas.
E pelo menos os mendigos daqui do bairro não usam uma saco na cabeça, e sim, usam o saco pra carregar tranqueiras que devem ser muito mais assustadoras que qualquer cara feia. Acho que então o aterrorizante do Jason sobrou pra música... Aquele "tchi tchi tchi tchi... tá tá tá tá..." que anunciava ele chegando naquela lerdeza toda... Mas acho que isso não ia funcionar se ele viesse pro Brasil:

Jason se aproxima de uma cabana, onde um casal dorme:
- "Tchi tchi tchi tchi..."
- Ahn... amorzinho... o Jason tá aí fora... vê o que ele quer...
- Ai, que merda! Jason... vai embora, vai... não enche o saco, porra!
- "tá tá tá tá..."
 
01 agosto 2001
posted by Paulo Vivan at 12:18 PM

Marcos e Gui estão numa estrada no município de Piracicaba quando passam por um grande milharal com algumas casinhas no meio.

- Ô Gui... olha só esse milharal...
- Ih Marquinho, cê num sabe o que é isso não?
- Sei lá. Deve ser mais uma daquelas sociedades alternativas, anaquistas... cada um faz o que quer e ninguém faz porra nenhuma...
- Não... A gente está em Piracicaba. É daqui que vem aqueles desgraçados que vendem pamonhas em variants.
- Filhos da puta! Me acordam todo sábado! Vamos botar fogo?
- Vamos!

Marcos e Gui botam fogo no milharal.

- Queima filho da puta! Queima pamonha!
- Vamos cara, vamos pra Atibaia que o carro do morango também é um outro maldito...

Os dois vão embora. Chega um fazendeiro, desesperado:

- Oh meu Deus! Essa não... os pipoqueiros vão quebrar as minhas pernas...